23rd August 2014
Maria não foi ao parque, pois seu namorado não queria. Não fez ballet, pois seus pais disseram que era inútil e não-lucrativo. Maria desistiu do karatê porque convenceram-na que isso é coisa de homem. Maria tirou um pouco da maquiagem no banheiro, pois as outras mulheres da festa estavam simples demais. Maria apoiou os gregos, também os troianos. Maria pintou o cabelo de loiro, porque suas amigas disseram que ela ficaria mais bonita. Maria era vascaína pro namorado, e flamenguista pro pai. Maria ficou neutra quanto á Siria e os EUA. Maria tentou agradar a todos. Fez o possível para ser o que esperavam que ela fosse. Maria viveu pra muitos, e por muitos, exceto pra ela.

A menina e o violão.   (via extinta)

(Source: a-menina-e-o-violao)

Reblogged from : camillacarolina
14th August 2014
Eu quero que saiba que você pode contar comigo quando você quiser. Nos melhores momentos para darmos risadas juntos. Nos piores momentos para que choremos um no ombro do outro. Eu sempre vou estar ali, bem ali do seu lado, pra qualquer hora, momento, ou lugar.

This is not a love story. (via surrealidade-s)

(Source: perplexidade)

Reblogged from : starofmysky
14th August 2014
Ninguém ama outra pessoa pelas qualidades que ela tem, caso contrário os honestos, simpáticos e não fumantes teriam uma fila de pretendentes batendo a porta. O amor não é chegado a fazer contas, não obedece à razão. O verdadeiro amor acontece por empatia, por magnetismo, por conjunção estelar.

Crônica do Amor.   (via renunciador)

(Source: subtraido)

Reblogged from : starofmysky
14th August 2014
Nada em mim foi covarde, nem mesmo as desistências: desistir, ainda que não pareça, foi meu grande gesto de coragem.

Caio Fernando Abreu. (via almador)

(Source: canteios)

Reblogged from : starofmysky
14th August 2014
Você se faz de forte, diz que cansou de ser idiota e que está se tornando frio, mas, na verdade, a única coisa fria em você é a pesada lágrima que desce seu rosto.

Lucas E. (via bemaoseulado)

Reblogged from : starofmysky
26th July 2014
Simplesmente eu odeio essa minha mania de se machucar com qualquer coisinha a toa, de chorar por besteira e ficar triste do nada. Detesto esse meu lado que se importa demais.

Marcello Henrique.
(via sou-inseguro)

Reblogged from : sou-inseguro